#ws #ws

Nàná

 

Cantiga I

 

Yorubá:                              

 

Ẹni koríko odò ki wàlẹ̀, ọmọ nílẹ̀ kò ràjò

Nàná ikú rè! Ọmọ nílẹ̀, kò ràjò!

Kò ràjò, kò ràjò!

Ó fẹ́lẹ́ lẹ́, kò ràjò!

Nàná ikú rè! Ọmọ nílẹ̀, kò ràjò!

 

Pronúncia:

 

Éní côricô ôdô qui ualé, omôm nilé cô rajô

Nãnã icú rê! Omôm nilé, cô rajô!

Cô rajô, cô rajô!

Ô félé lé, cô rajô!

Nãnã icú rê! Omôm nilé cô rajô!

 

Tradução:

 

Esteira de capim sobre o rio e rente ao chão, por onde os filhos da terra não devem passar

Nàná é a sua morte! Filhos da terra, não passem!

Não passem! Não passem!

O chão é delicado,  não passem!

Nàná é a sua morte! Filhos da terra, não passem!

Enviar comentário

left show tsN fwR|left tsN fwR uppercase fsN|left show normalcase fsN fwB|bnull||image-wrap|news normalcase c10|fsN fwR c10 normalcase|b01 c05 bsd|login news fwR c10 normalcase|tsN fwR c10 normalcase|signup|content-inner||